Bombeiros seguem em combate ao incêndio que atinge Chapada Diamantina

O Corpo de Bombeiros continua empenhado no combate ao incêndio que atinge a região da Chapada Diamantina (distante a 448 km de Salvador). Com apoio de brigadistas voluntários e aeronaves, as equipes atuam de forma direta em focos, entre as cidade de Mucugê e Andaraí, desde as primeiras horas da manhã deste sábado, 10.

Um helicópetro do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer) auxilia os bombeiros militares especialistas em incêndios florestais  em áreas de difícil acesso, já que a densa vegetação nativa e acúmulo de combustível de biomassa fazem com que as chamas se propaguem rapidamente. A previsão é de chuva neste domingo, 11, na Chapada Diamantina, o que pode ajudar no combate às chamas.

O fogo atinge a Chapada desde a última segunda-feira, 5, e pode ter sido causado por ação humana. As chamas começaram às margens de uma rodovia estadual que corta o município de Andaraí e, posteriormente, se alastrou para o Parque Municipal Roda das Cachoeiras. Com ajuda dos fortes ventos, as chamas se espalharam rapidamente para o Parque Nacional da Chapada Diamantina, no trecho que fica dentro da cidade de Mucugê.

Já foram atingidas áreas do Parque Nacional da Chapada Diamantina e Parque Municipal de Andaraí, ambas áreas de proteção ambiental. No entanto, ainda não há detalhes sobre a extensão da área atingida e registro de feridos. Até o momento, toda a região atingida pelas chamas fica dentro de uma área de preservação ambiental (APA), que estava preservada hà cerca de 20 anos, sem registro de queimadas.

Sendo a principal preocupação no momento, a região da Chapada Diamantina está inclusa nos municípios atingidos pelos incêndios florestais que fazem parte do decreto de Situação de Emergência, no qual será publicado neste sábado, 10, no Diário Oficial do Estado (DOE). O decreto tem vigência de 90 dias.

Outras Notícias