Câmara aprova proposta que regulamenta vaquejadas

A Câmara dos deputados aprovou nessa quarta-feira (10) em 1º turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 304/17 que considera as vaquejadas como práticas não cruéis. A proposta altera a Constituição para estabelecer que não são consideradas cruéis as atividades desportivas que utilizem animais, desde que sejam registradas como bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro e garantam o bem-estar dos bichos.

Deputados defensores dos direitos dos animais criticaram a PEC que, no entendimento deles, permite a prática de maus tratos. A proposta, de origem do Senado, foi defendida principalmente por deputados das regiões Nordeste e Centro-Oeste. Conforme esses parlamentares, o texto da PEC vem justamente regulamentar a prática.

O texto da PEC agora terá que passar por nova votação no Plenário da Câmara, em segundo turno. O prazo regimental determina intervalo mínimo de cinco sessões entre uma e outra votação. Caso não haja alterações no texto, ele será promulgado. Do contrário, terá que retornar ao Senado para nova votação.

Outras Notícias

Sancionada lei que cria documento único no Brasil

O presidente Michel Temer sancionou nesta quinta-feira (11) a lei que cria a Identificação Civil Nacional. O document...

Feliz Dia das Mães

Ela tem a capacidade de ouvir o silêncio.Adivinhar sentimentos.Encontrar a palavra certa nos momentos incertos.Nos fo...

Conheça os principais pontos da modernização trabalhista

Com a aprovação da Reforma Trabalhista, nesta quarta-feira (26), no Plenário da Câmara dos Deputados, conheça as prin...

Contas de água ficarão quase 10% mais caras na Bahia

A Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa) divulgou nesta sexta (12) que as conta de água ...